sábado, 26 de outubro de 2013

A hora do confronto - Tata Zambuzzi

Errei
Admito que errei não uma, mas inúmeras vezes
Passei por cima dos amigos
Perdi os mesmos
Mas também sofri
Sofri por um amor perdido
Por um sonho traído
Por parte de mim
Agora, só me resta confrontar o perigo
Encarar o inimigo
Que agora é minha única chance
De acertar
Meu amor agora habita em outra casa
A casa que me apavora
Que me dá raiva
Que me traz rancor
Mas para não perdê-lo eternamete
Na escuridão do esquecimento
Terei que ser forte
Ser prática
Fechar os olhos
Enxergar o inimigo
Abraçá-lo
Pois na verdade
Hoje
Meu inimigo
É o amor meu