sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Devolva Minh'Alma - Edson Marcos Silva

Devolva minh'alma
Que roubaste de mim.
Meu temor,
Minha calma,
Minha vida, enfim.

Devolva minh'alma
Pois meu olhar ressequido
Não tem gana...
Não tem aura.
Reles encanto perdido.

Devolva minh'alma
Preâmbulo de primazia,
Desta insólita tormenta,
Que acompanha meu dia a dia.

Devolva minh'alma
Meu destino! Meu mel!
Meu caminho!
Meus sonhos!
Meu pedaço de céu!

Libera minh'alma
Desse amargo
Sobrepeso,
Dessa prisão
Que acaba
Com esse
Ser indefeso.

Se, queres minh'alma.
Mesmo, ignorando o que quero.
Sinto muito... Lamento!
Por outra vida...
Eu espero!