segunda-feira, 5 de março de 2012

Miserável Tristeza - Lady Viana


Miserável tristeza.
Que me persegue até os confins.
Que farei eu, depois desta porta.

Que longo caminho e
 Tão vazio.
 É tão deserto.
 Sombrio.

 Ouço ecos do passado.
 E alguns infortúnios do presente.
 Que insônia suja,
  Persistente.

 Que noite maltrata
 Tanto quanto essa.
  Que não posso acordar.
                       
 Nem me manter na peça.


Lady Viana