quarta-feira, 21 de março de 2012

É só saudade - Agatha Christie


É só saudade
É tanta saudade morando em meu peito que chega a expulsar
Do meu peito vazio a lembrança do teu amor.
É tanta saudade que esgoto teu rosto no meu pensar.
É tanta saudade que escrevo jardins com teu nome
E leio a música do teu cheiro.
Não quero mais saber de viver sem você!
Porque morro sem saber o que é deveras viver ao teu lado e ao teu dispor.
É só saudade.
É toda vontade de ter você, sentir você, ser você.
Por que te amo sem que necessites disto.
É tanta saudade que me esqueço de estar aqui para estar em ti,
Por que sou toda tua, sem ressalvas!
E eu não sei parar de sentir tua falta!
Salvo essa que me torce o peito, pulsa o amor por teu olhar
Que me consome e abrasa de saudade!
Te amo!