quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Ficha Catalográfica para livros digitais - SNEL

Com o início da edição de livros digitais no Brasil, o Sindicato Nacional dos Editores de Livros - SNEL -
passou a fazer ficha catalográfica voltada para o formato eletrônico.
O SNEL foi pioneiro na prestação desse serviço no país, a partir de março de 2010.
A ficha catalográfica contém os dados que identificam um livro e é solicitada pelos editores.

Até dezembro de 2011 foram pedidas para o SNEL cerca de 1300 fichas catalográficas
para livros digitais. Desse total, 15,56% foram para obras de língua portuguesa; 13,92%
para ciências médicas e 8,37% para literatura estrangeira, seguida de perto pelos livros
de Direito com 8,29% dos pedidos.
Em quinto lugar, com 3,60%, estão os pedidos de fichas catalográficas para livros digitais religiosos.

Para obter uma ficha catalográfica é preciso mandar um e-mail para catalogacao@snel.org.br solicitando
o formulário que será preenchido pela editora.
O documento deverá ser enviado de volta ao SNEL junto com as dez primeiras páginas da obra.
Associados do Sindicato têm direito a dez fichas catalográficas por mês gratuitamente.
A partir da 11ª página, pagará uma taxa de R$ 24,00 por ficha - 50% do valor pago por
não associados.

Ainda no primeiro semestre de 2012 todo esse procedimento passará a ser feito on-line, permitindo
mais agilidade no fornecimento  de fichas catalográficas pelo SNEL.

Fonte: SNEL Nº 288 | 01/02/2012