quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

A vida - Paulo Sérgio dos Santos

A vida é como uma cômoda,
Muitas vezes incômoda.
Nas gavetas dessa incômoda vida,
Guardamos nossas lembranças, emoções
E ações incômodas.
Em dado momento da vida,
Abre-se uma gaveta incômoda, e
São tantas as aflições e emoções guardadas,
Que a gaveta emperreia e
Torna-se incômoda.
Entramos em coma...
Então, nos livramos dessa incômoda vida
E vamos alçar novos voos pelo infinito,
Livre desse corpo incômodo.