sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Poesia de Bar - Conversa do Malandro Apaixonado por Bella Vilas Boas

Desafinei de novo.
Mas confesso que a culpa é sua.
É sempre assim!
Perco a voz,
foi só te ver!
Um louco de língua solta.
Falo tudo,
sem pensar nada...
Mentira! Penso tudo!
Só que se eu disser,
Você foge, que eu sei...
Então vou ficar calado,
Só não me venha reclamar, garota,
porque desafinei de novo.


Bella Vilas Boas