quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Concepções - Abner de Paula

Sabemos que a vida foi feita para viver
Porém, sinto uma ironia
Quando comentam que algum dia
Todos terão de morrer
Passamos a vida quebrando barreiras
Dias e noites mal dormidas
Em usca da sólida solução pra nossas feridas
São as flores ao fim, descobrimos que não passavam
De novamente ferimos nas próprias roseiras
Vivendo aprendendo e às vezes morremos tentando viver
A vida é assim... E seja como for
Em meio a tanta fragilidade e dor
No nosso íntimo ainda existe um ser
Qualquer que seja seu problema
Nuncaa te esqueças
Que a vida muitas vezes é um dilema
É a doce razão de nosso lema
' Viver'
Porque sempre que o sol se ausenta
Deixando-nos em tamanha escuridão
Bem longe, em um escuro meridiano ele entra
Para poder alegrar outro coração.