sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Para sempre? - Mardilê friedrich Fabre

As palavras emudecem...
Os olhares eternecem...

As mãos sem saber procuram,
Os lábios, sábios murmuram...

A felicidade invade
O coração. Ansiedade.

Entretanto, o que era eterno
findou num dia de inverno.


Mardilê Friedrich Fabre