quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Seja o poema - Ane Braga

Posso ser escrava de regras e sistemas
mas minha mente será sempre livre
Posso me prender a teoremas
mas sou solta como um poema
Sem trema
Sem lema
Com flor
Floema
Não tema
Se a dor é extrema
Solte a dor
Seja o poema

 Ane Braga