sexta-feira, 22 de julho de 2011

Queria ver você hoje - Ane Braga

Queria ver você hoje à noitinha
Dizendo coisas que nem você entende
Fazendo-me rir feito criança
E dormir em seus braços docemente

Meus sonhos então seriam ternos
Do jeito que só você conhece
Acordaria em versos brandos sorridentes
Só por você estar por perto

Mas, onde está você, Amor meu, que não aparece
Não vê como meu coração assim padece?
Sua imagem não sai de minha mente
Queria você sempre presente

Ane Braga