sexta-feira, 29 de julho de 2011

Aprendiz de Poeta - Wilson Roberto de Oliveira Jasa

Pela
minha vida, muitas pessoas já passaram

foram tristes despedidas, lágrimas inevitáveis,

de um coração sozinho, despedaçado.

Houve pessoas que ficaram, mas poucas são as que

hoje do meu Lado estão, aquelas que viram,

minhas derrotas e as minhas vitórias...

chorei por tanto ter amado,

Já chorei por ter me apaixonado,

Já chorei por ter meu coração enganado,

Pois um Amor Verdadeiro, não nos faz chorar,

este tal amor que não conheço, nos faz sorrir

com as lágrimas, e chorar com o sorriso, esse amor

tão belo e sincero, eu ainda não havia conhecido...
Certo
dia, o Amor, pensei ter encontrado,

foram bons momentos de alegria, de um

jovem coração, carente e apaixonado.

Com o passar dos dias, minha alegria

foi se acabando, não sei porque, perguntas

que não tem respostas, de repente uma

nuvem negra, o amor de mim levou embora...
Eu
então percebi, que não era o amor,

que havia encontrado, pois se o amor

é eterno, como pode ele ter acabado?...

O que eu encontrei por acaso, era a tal paixão,

preenchendo o vazio, deste coração desesperado,

à procura de atenção... Chorei de tristeza e

também de alegria, foram experiências, aprendiz de poeta...
Pelas
nossas vidas já passaram muitas pessoas,

e ainda vão passar muitas outras...

O amor é um tesouro precioso, não encontramos assim

de um dia para o outro, são muitas estradas ainda para

percorrer, são muitos atalhos ainda, fora os obstáculos

e lições para aprender. São muitas paixões que em nossos caminhos hão

de ter. Até o dia em que, o Amor encontraremos, nos fazendo amadurecer!
(Wilson
Roberto de Oliveira Jasa)