sexta-feira, 27 de maio de 2011

Muito tempo... Tempo demais ! - Amarilis Pazini Aires

Longe de você.
Muito tempo...
Tempo demais!
Chegou a hora de te rever,
Lembrar as promessas
Sem esperanças,
Diminuir a distância
Do espaço vazio,
Do tempo sem contagem,
Sem ponto e sem virgula,
Sob o luar de promessas,
Da confirmação das estrêlas,
Dos momentos que passaram
Mas, que nunca se realizaram.
Muito tempo...
Tempo demais!
Agora é parar o relógio,
Desfazer as promessas
Adiar a remessa
Viver sem pressa.
Abrandar a saudade,
Cativar a amizade,
Viver a felicidade.

AMARILIS PAZINI AIRES