domingo, 15 de maio de 2011

Espero -te Assim - Marisa de Medeiros

meu amor,
espero-te sempre,
como se fosse
o primeiro dia;
coração batendo forte,
mãos geladas, ansiosas,
perfumadas de desejos;
beijos de hortelã,
manhas e artimanhas;
carícias se espalham e
acompanham nosso prazer
que dança esvoaçante,
escorre apaixonado,
extremamente inesquecível
repaginado se refaz a
cada espera tua na
luz do luar, no
brilho do amor, nas
manhãs infinitas e
nos nossos amanhãs.


Marisa de Medeiros