quinta-feira, 7 de abril de 2011

Medo de amar - Odete Poesia

Amor, sentimento e reflexão
Caminho aberto e certo
Além de ser infinito é bendito
e bem escrito
É sentir o amor sem desilusão

Amor verdade infinita
Sentimentos dos sábios inocentes
Dos corações carentes ou não
O amor que se reflete no coração
É amor sem explicação

Ah, mundo maldoso que às vezes
O povo se faz tão cruel
Sobre labaredas em chamas e dor
Não pensam, que o amor
É o caminho certo pro céu

Amor mundo esquecido para aquele
Que não vê seu sofrer por amar
Medrosos quem amam escondidos
Se oculta do amor que tem para dar

Amor definição acesa
Pra quem tem o coração vibrante
Assim que o amor se manifesta
Na mais radiante pureza

Desejos e calor ardente
Às vezes por um amor inseguro
Que se imagina o final de tudo

Se rasgam se acabam por amor
Que a vida se deixa levar
Livremente estando no lugar
De um proibido amor
Refletido em dor
Por covardia e medo de amar!!


***Odete Poesia***
(Direitos Autorais)