quinta-feira, 7 de abril de 2011

Luz do teu olhar - Marisa de Medeiros

gangorra de sentimentos,
roda gigante do tempo
cata- vento do pensamento,
carrossel a rodar, na
luz do teu olhar...
amor meu, vida minha,
conchinhas no teu sorriso,
desejos no paraíso,
sensual e sem juízo;
eu te amo, te sinto,
te preciso, te pressinto;
banho de lua,
silhuetas nuas...
pétalas de rosas,
vermelhas, aveludadas,
nas mãos ousadas,
apaixonadas, perfumam
nossos beijos com
licor de prazer...
embriagam nosso amor.


Marisa de Medeiros