sábado, 2 de abril de 2011

Hoje - Múcio Góes

Hoje

não choveu estrelas
nem
pétalas de prosa,
hoje
fez-se brisa
onde era brasa
e restou
uma poesia rasa,
hoje
eu esqueci as asas
(...) em casa.

Múcio Góes