segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Cobiça - Amarilis Pazini Aires

Estes olhos que sufocam,
enviando chispas de ódio
invejando a felicidade de outrem
cobiçando o mérito alheio.
Neste tempo de pesar e avidez,
deixam de conquistar por merecimento
os seus próprios galardões,
a sua integridade de vida.

Tempo dormente e esvaido no espaço

na essência de caráter,
na edificação emocional e fisica,
na conquista de si próprio.

Cobiça...

Um interposto na qualidade de crescimento.


Amarilis Pazini Aires