segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O amor te traz... - Marisa de Medeiros

Insônia medonha,
afoita, tristonha,
faz companhia a toa;
Chega chegando,impondo
um canto,insiste em
todos os cantos e recantos;
Desencanto no sono,
Encanto na emoção que sem
cura  desintegra-se no chão
e nas mãos do coração;
Insônia que trai e retrai;
Na loucura da ausência,
atrai e nos bastidores do
do amor, te traz
para nós... no amanhecer e
nos amanhãs sem fim.

Marisa de Medeiros