sábado, 27 de novembro de 2010

O Apagar das Luzes - Amarilis Pazini Aires

O escuro do infinito
transmuta a vida,
transforma o mundo,
envolve o sentido.
Começa a mudança,
modifica a inércia,
invade o intimo,
renova a vida.
É como interagir,
na própria consciência,
que é a sabedoria,
da busca a conhecer.
Modifica a crença,
reage à mesmice,
mostra a verdade,
invade a sensibilidade.
-Crer ou não crer...
- Deus é você...
por que duvidas
da verdade?
Com tantos milagres
será que não vês ?
que o próprio mérito,
partiu de você?
-Ninguém intercede
precisas saber,
tudo na vida,
só depende de você.
É só querer...
esta é a fé,
pensando merecer,
louros vai ter.
- O teu cérebro...é infinito
por que questionar e duvidar?
-Somos energia,
é a nossa esfera,
assim usou Cristo,
quando encarnado na terra.
-ELE ensinou,
-ELE praticou,
só não aprendeu,
quem a luz apagou! 



O Apagar das Luzes - Amarilis Pazini Aires
www.poetisaamarilis.blogspot.com