terça-feira, 23 de novembro de 2010

Ah, dor de quem ama

Preciso tanto,
Ouvir tua voz, a mesma que
Sinto em teu olhar;
Fala comigo a quilômetros de
Distância e dentro de mim;
Sinto o sabor dos teus
Lábios nos meus;
Ah, dor insana, arco iris de
Lágrimas no coração
Dessa mulher que te ama e quer;
Em meus sonhos te vejo,
Te sinto, te beijo, te abraço,
Te enlaço no laço;
Sou dona do teu inteiro,
Pleno, completo,
Ninguém pode mudar ou tirar;
Minha vida nos mistérios,
Retalhos e fragmentos;
Alma com atalhos,
Tenho-te em mim;
Vestido de eternidade,
Ainda te amo.

Ah, dor de quem ama - Marisa de Medeiros