sábado, 30 de outubro de 2010

Solidão - Amarilis Pazini Aires

Estou em meio à tudo,
mas o tudo não é nada
pois o vazio que me sufoca
tem um lado de saudade.

Sinto o peito apertado
marcado pelo tempo,
é o lamento da solidão
lamento de uma saudade.

Solidão - Amarilis Pazini Aires
http://www.poetisaamarilis.blogspot.com/