segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Poema da Vida - Amarilis Pazini Aires

No começo,
milhões de sonhos
futuro?
tão longe
tudo perfeito
sem morte
ela existe?
isso não é pra mim.

Depois,
tantos acontecimentos
atropelos sucedendo
parar, é impossivel
está tudo acontecendo.

E, de repente,
sobra o tempo
pra pensar e selecionar
caminhar bem devagar
o corpo descansar
escolher,
como viver e
deixar acontecer.

Volto o tempo,
na lembrança
na magia eterna
transformo a vida
em rimas e versos,
na imortal poesia.

Poema da Vida - Amarilis Pazini Aires