terça-feira, 19 de outubro de 2010

Mofo - Amarilis Pazini Aires

Casa fechada
almofada amassada
tons esmaecidos
impregnados de vida.
Foto envelhecida
um romance perdido
num canto esgarçado
num endereço fingido.
Mudanças paradas
palavras guardadas
cheiros misturados
de um tempo estagnado.
Tudo e nada
vida obsoleta
brilho opaco
redoma de mofo.

Mofo - Amarilis Pazini Aires
http://www.poetisaamarilis.blogspot.com/