quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Infame - Ronaldo Rhusso

Vós dizeis que sois inteira,
mas fugis é da verdade,
já que sois sempre metade
vos fazendo de fagueira,
mas pro bem sois derradeira.
Vosso olhar sempre difuso
vendo o amor qual em desuso
transparece o vitupério
denotando sem mistério
que vos apraz vil abuso.

Infame - Ronaldo Rhusso
http://www.poesiaretro.blogspot.com/