segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Esse Amor é tão Bonito - Marisa de Medeiros

Teus lábios,
Tem o doce pecado de
Beijar exagerado;
Infinitamente perfeito,
Suficientemente feliz;
Teu olhar,
Absolutamente apaixonante,
Coração apaixonado,
Extravasa desejo;
Paraíso alucinado,
Ensandecido de amor,
Corre solto até a alma,
Que transcende na gente;
Exageradamente com tempo,
De fazer parar o tempo,
No ponteiro do relógio, que
Não sai do lugar;
Amamos intensamente,
Sem hora de acabar;
Esse tempo... como o amor,
É tão bonito... vai além do infinito.

Esse Amor é tão Bonito - Marisa de Medeiros