quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Espera - Lupi Poeta

Quis..mas não bastam meus almejares
que estão tristonhos hoje...
Com o entusiasmo acuado
que não adiantas meus quereres
se o que tenho são só lembranças
e imagens turvas tuas...
que se foi sem medo da revelia
e dos meus julgares ansiosos...
O amor tem como enfeite a reciprocidade
que não tive...
Ah! Mas se tu voltares!
Verás
que a dureza de minhas mãos
e dos meus olhos
provocadas por minha resignação exausta
não condiz com o conforto que meu coração
dedicou a esperança da tua volta....

Espera - Lupi Poeta
http://www.lupipoemas.blogspot.com/