quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Anjo Negro - Amarilis Pazini Aires

Nas sombras escondido
na verdade perdida
no tempo da mentira
na vida fingida.

Enganando a si próprio
acha que ao outro está a enganar,
os seres que o rodeiam
não conseguem acreditar.

Tem as asas partidas
nem sempre poderá voar,
pensando ser o melhor
cuidado, estás a se prejudicar.

É difícil acreditar
na inconstância permanente,
vive todo os dias na mentira
em alerta deve sempre estar.

Se olhe no espelho
veja a tua alma,
será que ficarás satisfeito
com o que ela te revelará?
 
Anjo Negro - Amarilis Pazini Aires