sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Minha Estreia - W. Marques (O Novo Poeta)

É minha estreia vou sair com

Dorotéia.

Vai ser na ceia com lua cheia.

Eu tive uma ideia pra ser nosso
encontro uma odisséia.

Vou sem meia e ela de teia.

Teia de aranha sem plateia.

Sou plebeu ela plebeia.

Gostei demais da Dulcineia.

Mais vai ser com Doroteia.

Estou com medo de pegar
gonorreia.

Atiça-me, é loira aparentemente
europeia.

Estou tremendo como quem tem
coreia.

Vai ser escondido na boleia do
caminhão do meu pai.

Se alguém descobre a coisa fica
feia eu vou pra cadeia.

Seu pai é soldado só de pensar
me dá diarreia fecha a traqueia
não bom nem imaginar.

A moça é sereia linda demais.

Não é nenhuma centopeia.

Vou levar “camisinha” sabor
amora de geleia.

Tomara que seja minha estreia
uma verdadeira epopeia.

 http://poetadefranca.blogspot.com/