sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Até o Amanhecer - Amarilis Pazini Aires

Até o Amanhecer

Canto os sonhos mágicos

na penumbra do entardecer

volto o tempo às lembranças

em que sonhar...

era a alegria de viver.


Os caminhos percorridos

cheios de encanto e beleza,

o amanhã era distante

não podia me entristecer.


Voava como pássaro

transformava a realidade,

abria o peito e cantava

ao vento brando, sem arrefecer.


Abraçava a lua e,

voava sôbre os cumes

que vertiam as gotas

dos rastros de orvalho.


Rodopiava num redemoinho,

e encantada piscava a estrêla

sorrindo e me iluminando dizia:

-sonhe, até o amanhecer.


Amarilis Pazini Aires
 
Visite!
 
Comunidade Alma Poética
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=7750686

 Blog Poetando a Vida
http://www.poetisaamarilis.blogspot.com/

Blog Meus Duetos e Presentes dos Amigos

http://www.amarilisaires.blogspot.com/search?updated-min=2010-01-01T00%3A00%3A00-08%3A00&updated-max=2011-01-01T00%3A00%3A00-08%3A00&max-results=14

Recanto das Letras
http://www.recantodasletras.uol.com.br/escrivaninha/publicacoes/index.php